Fique Sabendo

Para ter aquela tão aguardada viagem dos sonhos é preciso planejar todos os detalhes. Do passaporte à programação do roteiro ideal, o planejamento cuidadoso é garantia de segurança e tranquilidade. A TERRAMAR TURISMO está presente para te ajudar a realizar este sonho sem nenhum imprevisto.

Confira, abaixo, informações importantes e esclareça suas dúvidas sobre os preparativos de sua viagem. Conte ainda com nossa equipe de consultores especializados para mais informações sobre os detalhes que envolvem o planejamento.

Alfândega: quanto gastar com compras na viagem?

- A Alfândega Brasileira poderá verificar suas compras e objetos levados em uma viagem, levando em conta que serão desconsiderados suas roupas e objetos pessoais. Verifique as regras de ingresso de produtos em cada país;

- A cota para compras é de US$ 500 para compras no exterior e mais US$ 500 por passageiro para compras no Free Shop ao desembarcar;

- Além dos valores você deve ficar atento para as quantidades de certos produtos, que são limitados por passageiro, como 20 maços de cigarros de fabricação estrangeira, ou máximo de 400 unidades, 24 garrafas de bebidas alcoólicas, sendo o máximo 12 de um mesmo tipo, 10 unidades de perfumes ou cosméticos e 3 unidades de relógios, jogos, brinquedos e eletrônicos;

- Quando o limite individual for ultrapassado você deverá pagar o tributo de 50% sobre o valor excedente.

Bagagem: o que levar?

- Confira antes da viagem a previsão do tempo no seu destino para não errar nas roupas;

- Dependendo de seu hotel e destino pode haver situações mais formais, como jantares, portanto fique atento quanto à necessidade de uma roupa menos casual;

- Leve sempre objetos de valor na sua mala de mão (documentos, dinheiro, jóias e aparelhos eletrônicos). Itens de valor não devem ser despachados.

- É interessante levar uma troca de roupa e pelo menos um casaco na mala de mão, assim você pode trocar nas conexões ou tem uma reserva no caso de extravio de bagagem;

- Pode haver diferença de limite de peso e número de bagagens dependendo da Companhia Aérea, portanto informe-se sempre as regras específicas de cada Companhia;

- Objetos cortantes ou perfurantes não poderão ser levados na mala de mão. Quanto a líquidos, em viagens aéreas internacionais, não são permitidas embalagens com mais de 100 ml na bagagem de mão. Então se lembre de despachar perfumes, hidratantes, sabonetes líquidos e desodorantes, por exemplo;

- Se você pretende levar remédios de uso contínuo lembre-se de solicitar com seu médico as receitas dos remédios que serão necessários. Transporte todos os medicamentos suas embalagens originais para que as autoridades locais saibam que você não está levando drogas proibidas;

- Suas bagagens devem estar sempre identificadas com nome, telefone e endereço completo. Em casos de extravio estes dados são importantes. Também fica mais fácil você identificar sua bagagem na esteira se você colocar fitas ou adesivos na parte externa da bagagem.

Câmbio: como levar dinheiro em uma viagem internacional.

nossa equipe de consultores especializados para mais informações sobre os detalhes que envolvem o planejamento.

Alfândega: quanto gastar com compras na viagem?
Bagagem: o que levar?
Câmbio: como levar dinheiro em uma viagem internacional.
Além do cartão de crédito internacional, você precisa levar dinheiro com a moeda oficial do país de destino.

Você pode fazer um cálculo de quanto levar da seguinte forma:

- Pense em quanto você irá gastar aproximadamente com gastos básicos, como alimentação e transportes;

- Depois faça uma expectativa de quanto será gasto com compras, presentes e entretenimento, inclusive os atrativos turísticos que você pretende visitar;

- Após concluir este cálculo adicione um pouco mais por precaução.

Assim que decidir quanto você irá levar, basta contatar seu consultor na Terramar Turismo para saber sobre as Casas de Câmbio parceiras da Terramar!
Você poderá trocar o dinheiro em uma casa de câmbio ainda no Brasil (por questão de segurança, prefira aquelas que entregam o dinheiro em sua casa ou as localizadas no interior de shoppings ou hotéis). Você pode optar pelo Papel Moeda (notas) ou pelo Cartão Visa Travel Money, um cartão pré pago, que permite sacar em Caixas Eletrônicos, conhecidos como ATM, e realizar compras no débito.

Lembre-se que o seu cartão bancário internacional funcionará perfeitamente caso deseje utilizá-lo! Qualquer cartão com a bandeira Visa, Máster Card ou American Express é comumente aceito na maioria dos países, porém há uma grande diferença entre as taxas de juros do cartão de crédito para o cartão pré pago.

Prezamos sempre pela qualidade nos fornecedores que atendem nossos passageiros e certamente temos a ideal para te indicar!

Documentos para a viagem: separar todos é o primeiro passo para uma viagem tranquila.

Enquanto faz os preparativos para sua viagem você precisa deixar fácil todos os documentos que irá utilizar. Lembre-se sempre de levar as originais, pois não serão aceitas cópias, mesmo aquelas autenticadas.

Se sua VIAGEM é NACIONAL, ou seja, somente pelo Brasil (vôo doméstico ou Cruzeiro Marítimo), os documentos originais que você deverá apresentar no check-in são:

Se você tem mais de 18 anos:

- Carteira de Identidade em boas condições e com menos de 10 anos de emissão, ou:

- Carteira Funcional com foto como OAB, CRM, CREA, etc. ou:

- Carteira de Motorista com foto.

Se você tem menos de 18 anos:

- A Certidão de Nascimento só será aceita para crianças com até 9 anos de idade para os vôos domésticos. Já para Cruzeiros este documento não é aceito;

- Identidade em boas condições e com menos de dez anos de emissão.

Caso o menor vá viajar desacompanhado será necessário levar a autorização dos pais ou responsáveis por escrito e com firma reconhecida em cartório. Já se a viagem for realizada com apenas o pai ou a mãe, é necessário levar a autorização do outro. Se um dos pais for falecido anexe uma 2ª via do Atestado de Óbito.

Agora se sua VIAGEM é INTERNACIONAL (Vôo Internacional ou Cruzeiro Marítimo), os documentos originais que vocês devem levar são:

Se você tem mais de 18 anos:

- Passaporte com validade mínima de seis meses ou conforme exigência do país visitado.

- Visto Consular, quando exigido.

Quando a sua viagem for para os países MERCOSUL (viagens e Cruzeiros) você não é obrigado a levar o Passaporte. Você pode embarcar com o passaporte ou com o Documento de Identidade original, em bom estado e com emissão em menos de dez anos. A única exceção é o Chile, que pede documentos de identidade com menos de cinco anos de emissão.

Se você tem menos de 18 anos:

- Passaporte com validade mínima de seis meses ou conforme exigência do país visitado.

- Visto Consular, quando exigido.

- Da mesma forma que nas viagens nacionais, os passageiros menores de idade devem levar a autorização dos pais por escrito e com firma reconhecida em cartório. Já se a viagem for realizada com apenas o pai ou a mãe, é necessário levar a autorização do outro. Se um dos pais for falecido anexe uma 2ª via do Atestado de Óbito.

SE VOCÊ NÃO É BRASILEIRO:

Todos os estrangeiros, mesmo os que residem no Brasil devem portar no momento da viagem:

- Passaporte

- RNE (Registro Nacional de Estrangeiros)

- Visto, quando o país de destino exigir

Lembre-se que para as viagens internacionais você deve ter um Passaporte válido. Nos casos onde o país exige visto dos visitantes este deve ter a validade mínima de seis meses.

Caso você ainda não tenha passaporte você pode agendar a solicitação no site da Polícia Federal e levar seus documentos pessoalmente no posto de atendimento escolhido, da data e horário previamente agendado.

Os documentos que você deverá levar são:

- Identidade;

- CPF;

- Título de Eleitor e comprovantes de que voltou na última eleição (dos dois turnos, se houve). Caso você não tenha os comprovantes você deve solicitar uma declaração que comprove que você está quite com as obrigações eleitorais;

- Documento que comprove quitação com o serviço militar obrigatório (para os homens com mais de 18 anos);

- Certificado para Naturalização, para aqueles que são naturalizados;

- Comprovante bancário de pagamento da taxa de emissão do documento;

- Passaporte anterior, quando houver (mesmo aqueles fora de validade).

Após completar o requerimento do passaporte você deverá buscá-lo no mesmo posto da Polícia Federal, em aproximadamente 6 dias úteis, conforme agendado na data de sua visita.

Imigração: confira dicas de quem passa frequentemente e ensina como agir.

Em uma viagem Internacional, assim que você sair do avião no aeroporto de destino é hora de passar pela Imigração, onde você passará por um guichê com um Oficial que verificará seu Passaporte e Visto (quando necessário) e faz algumas perguntas básicas sobre a sua viagem. Após a conversa ele decide se a permissão para entrada e permanência no país será concedida.

Mesmo nos países onde visto é exigido previamente, como os EUA e Canadá, por exemplo, quem irá decidir se você pode prosseguir ou não é o Oficial de Imigração. Este é o motivo que deixa muitas pessoas com medo!

Se você está viajando com toda a documentação em dia, fique tranqüilo. Mantenha sempre a calma e serenidade durante a conversa. Lembre-se também das seguintes dicas:

- Comporte-se de maneira formal;

- Jamais invente mentiras, pois você pode se contradizer;

- Apresente-se com o passaporte aberto na página do Visto ou de Identificação e o Cartão de Imigração entregue no avião, já preenchido;

- Responda tudo que lhe for perguntado de forma simples e direta;

- Não é uma regra, mas alguns Oficiais podem pedir documentos específicos, como algo que comprove sua profissão, sua hospedagem no destino, seu dinheiro para permanência no exterior, e principalmente, sua passagem de volta. O ideal é você levar tudo isto organizado em uma pasta de fácil acesso na hora da conversa;

- É interessante que você saiba responder as perguntas em língua local, mas, caso isto não seja possível, existem tradutores disponíveis e você pode utilizá-los, desde que o Oficial deseje chamá-los.

Caso você seja encaminhado para uma nova sala enquanto as informações são verificadas lembre-se de continuar com serenidade e calma!

Passaporte: você tem este importante documento?

Se você fará uma viagem internacional nos próximos meses e ainda não tem passaporte aproveite para já emitir o seu!

Caso você já tenha verifique a data de validade, pois muitos países não permitem que você embarque caso o documento tenha menos de 6 meses de validade.

Para requerer o Passaporte entre no Site da Polícia Federal pelo link http://www.dpf.gov.br/servicos/passaporte/requerer-passaporte e verifique toda a documentação necessária e preencha o formulário com seus dados. Você deverá pagar a taxa e ir até um posto para entrega dos documentos, tirar sua impressão digital e uma foto.

Para dúvidas mais específicas você pode consultar o site da Polícia Federa em http://www.dpf.gov.br/servicos/passaporte/duvidas-frequentes.

Verifique o prazo que o documento ficará pronto e boa viagem!

Seguro Viagem: um item indispensável para uma viagem tranquila!

Muitos países exigem em sua entrada uma apólice de Seguro Saúde, como é o caso da Europa, devido ao Tratado de Schengen. Além de ser uma regra da imigração, o Seguro é um item importantíssimo em sua viagem.

Com sua apólice em mãos você poderá usar serviços de saúde, além de garantir indenização em caso de perda de bagagem (independente da que o passageiro recebe da companhia aérea responsável pelo extravio), auxilio em eventuais problemas jurídicos e traslados do corpo, em caso de falecimento. Verifique com seu consultor as coberturas de cada plano e escolha o ideal para você e sua família!

Muitas empresa oferecem ainda o serviço de Concierge, onde você poderá ligar para a Central do seguro solicitando dicas para shows, teatros, restaurantes e outros locais durante a viagem.

Você pode solicitar seu Seguro Viagem agora mesmo com a Terramar! Basta entrar em contato com seu consultor e informar os dados pessoais de todos os passageiros, a data da viagem e o destino para onde o seguro será emitido!

Vacina: um item de extrema importância para alguns destinos!

nossa equipe de consultores especializados para mais informações sobre os detalhes que envolvem o planejamento.

Alfândega: quanto gastar com compras na viagem?
Bagagem: o que levar?
Câmbio: como levar dinheiro em uma viagem internacional.
Documentos para a viagem: separar todos é o primeiro passo para uma viagem tranquilo.
Imigração: confira dicas de quem passa frequentemente e ensina como agir.
Passaporte: você tem este importante documento?
Seguro Viagem: um item indispensável para uma viagem tranquila!
Vacina: um item de extrema importância para alguns destinos!
Um passo importante durante o planejamento de sua viagem é verificar as informações e restrições que o seu destino oferece aos seus visitantes.

É importante você verificar com antecedência. A Vacina de Febre Amarela é exigida na Guatemala na África do Sul, por exemplo, e tem validade de 10 anos, e precisa ser tomada com no mínimo 10 dias de antecedência.

Além disto, você deve levar o seu Cartão Nacional de Vacina para realizar a troca pelo Certificado Internacional. Basta procurar os Centros de Orientação ao Viajante da ANVISA em Aeroportos, Portos e fronteiras. Lembre-se de levar:

- Cartão Nacional de Vacinação preenchido com nome, fabricante e lote da vacina, data de vacinação, nome e assinatura do vacinador e identificação da unidade de vacinação;

- Documento de Identidade com foto;

- Certidão de Nascimento (apenas para quem ainda não completou 18 anos).

Se você mora em São Paulo, é possível tomar a Vacina no Hospital das Clinicas e já sair com o Certificado Internacional.

Você ainda pode tomar outras vacinas apenas por precaução, como a Tríplice Viral (Sarampo, Caxumba e Rubéola), a dT (meningite e tétano) e a Hepatite B.

Caso você vá visitar uma Região Endêmica também são aconselhadas as vacinas contra: Poliomielite, Influenza e Meningite Meningocócica, todas podendo ser aplicadas nos postos do SUS (Sistema Único de Saúde). Caso esteja preocupa com o seu destino converse com seu médico e saiba as devidas providências que você deverá tomar!

É possível obter informações adicionais a respeito das condições sanitárias do local de destino nos postos de Vigilância Sanitária nos principais aeroportos internacionais do Brasil e no site da ANVISA.

Visto: se sua próxima viagem é internacional consulte se vai precisar ou não de um visto.

Nossa equipe de consultores especializados para mais informações sobre os detalhes que envolvem o planejamento.

Alfândega: quanto gastar com compras na viagem?
Bagagem: o que levar?
Câmbio: como levar dinheiro em uma viagem internacional.
Documentos para a viagem: separar todos é o primeiro passo para uma viagem tranquilo.
Imigração: confira dicas de quem passa frequentemente e ensina como agir.
Passaporte: você tem este importante documento?
Seguro Viagem: um item indispensável para uma viagem tranquila!
Vacina: um item de extrema importância para alguns destinos!
Visto: se sua próxima viagem é internacional consulte se vai precisar ou não de um visto.
Os vistos são carimbados ou anexados em seu passaporte, para permitir que você entre no país de destino. Em alguns casos você deverá solicitá-lo previamente, mas em muitos países ele é emitido na chegada do passageiro no país, assim que você desembarcar no aeroporto.

Lembre-se que mesmo quando é exigido que você solicite o visto previamente, não é isto que define se você poderá entrar ou não no país de destino. O que te dá permissão de entrada é o Oficial de Imigração.

Você deve verificar se o seu país de destino exige que você tire o visto previamente, como é o caso dos EUA, Canadá e Austrália. Nestes casos você precisa procurar o consulado do país no Brasil e solicitar o seu visto.

Lembre-se de conversar com seu consultor antes da viagem, pois as informações sobre visto são decisões exclusivas de cada país e só o Órgão Consular pode dar informações oficiais, que mudam sem aviso prévio!

Veja abaixo se o seu destino exige visto!

América Central e Caribe

Aruba

Não

Cancun

Não

Costa Rica

Não

Cuba

Sim

Curaçao

Não

Guatemala

Não

República Dominicana

Não

St. Marteen

Não

América do Norte

Canadá

Sim

Estados Unidos

Sim

México

Sim

América do Sul

Argentina

Não

Chile

Não

Colômbia

Não

Equador

Não

Peru

Não

Antártica

Antártica

Sim

África

África do Sul

Não

Kenya

Sim

Tanzânia

Sim

Ásia

China

Sim

Índia

Sim

Indonésia

Sim

Japão

Sim

Tailândia

Não

Europa

Espanha

Não

França

Não

Grécia

Não

Holanda

Não

Inglaterra

Não

Itália

Não

Portugal

Não

Turquia

Não

Oceania

Austrália

Sim

Nova Zelândia

Não

Polinésia

Tahiti

Não

Voo Tranquilo: dicas para começar e finalizar sua viagem com chave de ouro.

- Você pode se vestir bem, mas lembre-se de estar com roupas confortáveis, principalmente em viagens mais longas. Além disto, a temperatura média no avião é de 21 graus, mas pode variar de acordo com as condições climáticas, portanto o ideal é estar sempre com um agasalho;

- Sempre podem surgir imprevistos que deixam os aeroportos mais cheios, portanto se programe para chegar ao aeroporto cerca de 2h antes para vôos nacionais e 3h antes para vôos internacionais;

- Muitas malas são de tamanhos e cores iguais, o que pode te deixar confuso. Evite passar por isto colocando sinais externos, como fitas ou adesivos, e conferindo a etiqueta com seu nome;

- Para ficar mais confortável durante o vôo, evite comer muito antes do embarque e a bordo. E para dormir mais tranquilo enquanto no trajeto, uma dica é levar máscaras corta-luz e tampões de ouvido;

- Ficar parado muito tempo diminui a circulação sanguínea, portanto, em viagens muito longas procure levantar pelo menos uma vez e caminhar pelo avião;

- Em vôos noturnos o ideal é acordar mais cedo para não enfrentar filas para o banheiro. Quanto mais cedo você acordar, mais cedo poderá fazer sua higiene pessoal;

- Durante o vôo você poderá receber o Cartão de Entrada da Imigração, com seus dados pessoais e perguntas sobre a viagem. Responda sempre com sinceridade e não rasure ou abrevie nada. Você entregará este cartão para o Oficial de Imigração, no aeroporto de desembarque;

- Se você tem medo de voar o local ideal para seu assento é no corredor, assim você terá também mais mobilidade. Além disto, você não estará na janela e nem vendo a ponta da asa do avião;

- A tripulação está lá para te ajudar, portanto não se preocupe em ser chato. Peça ajuda sempre que necessário e peça sugestões para se manter calmo e se sentir mais seguro.

WhatsApp chat